View profile

coisas estranhas # - 75

os melhores livros de 2016 segundo as melhores listas de melhores livros de 2016
moreno [newsletter]
coisas estranhas # - 75
By moreno [newsletter] • Issue #26 • View online
os melhores livros de 2016 segundo as melhores listas de melhores livros de 2016

35 melhores livros de 2016
Os indicados abaixo foram obtidos a partir de 23 listas de melhores livros do ano criadas por gente confiável que acompanho e cadernos literários. Uma ou outra lista poderia figurar aqui mas não incluí por filtro pessoal.
O post do quartz me inspirou a fazer esse listão (a companhia das letras fez uma lista a partir de listas, muitas das quais foram utilizadas aqui, mas só indicaram livros do seu catálogo).
A ideia é ter um agregado anual nos moldes do album of the year ou do metacritic, quem sabe preparar isso melhor nos próximos anos.
Aqui está a planilha com todas as fontes e votos compilados (atentem para as etapas do levantamento seguindo as folhas na parte de baixo). Aqui também tem as 23 listas originais. No blog eu incluí junto de cada livro as respectivas capinhas e sinopses
1. Vozes de Tchernóbil, Svetlana Aleksiévitch (indicado em 13 listas)
2. Como se estivéssemos em palimpsesto de putas, Elvira Vigna (indicado em 10 listas)
3. Simpatia pela demônio, Bernardo Carvalho (indicado em 10 listas)
4. Um amor feliz, Wislawa Szymborska (indicado em 10 listas)
5. Tetralogia napolitana, Elena Ferrante: A amiga genial (indicado em 3 listas); História do novo sobrenome (indicado em 9 listas); História de quem foge e de quem fica (indicado em 8 listas)
6. O tribunal da quinta-feira, Michel Laub (indicado em 9 listas)
7. Todos os contos, Clarice Lispector (indicado em 9 listas)
8. A guerra não tem rosto de mulher, Svetlana Aleksiévitch (indicado em 8 listas)
9. Enclausurado, Ian McEwan (indicado em 8 listas)
10. A filha perdida, Elena Ferrante (indicado em 7 listas)
11. O marechal de costas, José Luiz Passos (indicado em 6 listas)
12. Linha M, Patti Smith (indicado em 5 listas)
13. Mulheres, raça e classe, Angela Davis (indicado em 5 listas)
14. Uma vida pequena, Hanya Yanagihara (indicado em 5 listas)
15. Dias de abandono, Elena Ferrante (indicado em 5 listas)
indicados em 4 listas: 41 inícios falsos - Janet Malcolm; O Fim da História - Lydia Davis; O homem sem doença - Arnon Grunberg; O reino - Emmanuel Carrère; Prosas apátridas - Julio Ramón Ribeyro; Uma história natural da curiosidade - Alberto Manguel
indicados em 3 listas: Atlas de Nuvens - David Mitchell; Butcher’s Crossing - John Williams; Detetive à Deriva - Luís Henrique Pellanda; Diários parte II, Susan Sontag; Enquanto Houver Champanhe, Há Esperança - Joaquim Ferreira dos Santos; Homo Deus - Yuval Noah Harari; Machado - Silviano Santiago; Nunca o Nome do Menino - Estevão Azevedo; O Inferno dos Outros - David Grossman; Os sertões - Euclides da Cunha; Poemas completos - Herberto Helder; Quem matou Roland Barthes? - Laurent Binet; Reza de mãe - Allan da Rosa; Rita Lee - Uma Autobiografia
Did you enjoy this issue?
moreno [newsletter]

quando faço 3 gols peço chatuba de mesquita

If you don't want these updates anymore, please unsubscribe here
If you were forwarded this newsletter and you like it, you can subscribe here
Powered by Revue