View profile

coisas estranhas # - 67

moreno [newsletter]
coisas estranhas # - 67
By moreno [newsletter] • Issue #34 • View online

Leituras
eu que sou exímio perdedor de chaves simpatizei total com essa amiga estudando na alemanha: “Mesmo sob as melhores circunstâncias, nunca é aconselhável perder um documento importante na Alemanha - não porque seja particularmente perigoso, mas porque os alemães realmente não têm empatia com esse tipo de coisa. Alemães simplesmente não perdem seus pertences, então a superioridade zombadora que eles mostram quando um americano admite ter feito isso é quase intolerável. Alemães perderam guerras, mas pelo menos eles nunca perdem suas malditas chaves do carro”. Hello, Lenin? (Berlin, 1997)
muito legal esse oral history de Girls. “Nenhuma de nós esperava que o programa fizesse o sucesso que fez, e ele tem nos elevado de forma enorme, mas acho que ainda é muito mais difícil para uma mulher do que para um homem. O sucesso que Adam teve é indicativo [em filmes como Star Wars] - não há dúvidas sobre seu talento e sua habilidade, mas Allison e eu ainda estamos lutando com dentes e unhas por qualquer trabalho que a gente consiga, e nós duas temos que lutar muito para conseguir qualquer papel que seja diferente do nosso papel em Girls”.
ótima crítica da universidade atual, no brasil e no mundo. “A Universidade é nosso asilo intelectual. Podemos ir para casa, mas não podemos realmente sair da universidade, porque, apesar de todo o jargão sobre a extensão/expansão, múltiplas partes interessadas e aplicações do mundo real, geralmente somos bastante inúteis fora da instituição
“amar uma pessoa gorda não é impossível. O truque é construir uma cultura que nos permita - todos nós - acreditar no amor gordo quando o vemos.” How to love a fat person
história incrível do doidinho de 5 anos que ficou milionário fazendo videos de si próprio abrindo caixas de brinquedos. MELHOR. EMPREGO. EVER.
“o manifesto do Mark Zuckerberg esboça sua visão de uma colônia global centralizada governada pela oligarquia do Vale do Silício. Eu digo que devemos fazer exatamente o oposto” Encouraging individual sovereignty and a healthy commons 
“a facilidade com que as instituições tradicionais, desde os partidos governantes aos thinktanks até os meios de comunicação, convergiram para ‘notícias falsas’, como sua lente preferida sobre a crise que se desdobra diz muito sobre a impermeabilidade de sua visão de mundo.” Moral panic over fake news hides the real enemy, the digital giants
se Edward não poderia viver sem escrever, Susan não poderia viver sem ler. Em outras palavras, o homem escreve, a mulher lê. Animais Noturnos: mulheres leitoras e os perigos dos thrillers emocinantes
“o Brasil atual parece uma sociedade dilacerada nos seus laços (a explosão de violência cruel e do fascismo são sintomas) desde que resolveu os desconstruir. Não por acaso os dois principais candidatos à próxima imagem são figuras patriarcais. Todos parecem ser soluções para 'tapar o furo’ desse emblema do tempo que é totalmente incompatível com Temer, uma figura das sombras, e por ora está preenchido por Moro”. Imagens do Brasil em movimento
porquê a tipografia importa - especialmente nos Oscars
Spotify
Links
vlw flw
vlw flw
Did you enjoy this issue?
moreno [newsletter]

quando faço 3 gols peço chatuba de mesquita

If you don't want these updates anymore, please unsubscribe here
If you were forwarded this newsletter and you like it, you can subscribe here
Powered by Revue