View profile

coisas estranhas # - 50

moreno [newsletter]
coisas estranhas # - 50
By moreno [newsletter] • Issue #51 • View online

oi sumido
a segunda coisa mais chata que existe é gente dando explicações pra newsletter estar atrasada, porque estão muito ocupados com seus subempregos e etc (a primeira coisa mais chata é gente que reclama de gente chata na newsletter/facebook). ooooh the irony. tipo, leave me alone, eu escrevo quando eu tiver afim, do jeito que quiser. narcisismo sim, mas faço menos pra vcs do que pra mim. sorry not sorry
isto posto só de prelúdio por eu ter percebido que 1) muita gente se desculpando por atrasos no envio das newsletters, o que denuncia uma morte precoce da febre das newsletter de um ano atrás, e 2) esta singela newsletter ter atingido a marca de 50 envios, quando meu projeto é terminar na 100º edição (sendo que inicialmente a proposta era envio semanal, mas como eu mesmo não consigo manter o ritmo é provável que eu mantenha o esquema sem grandes pretensões e o número 100 demore anos pra chegar, o que pode ser legal, ou simplesmente abandonar essa plataforma ex-moda e migrar pra outra em breve) 
[adendo: numa discussão séria sobre a criação de uma revista científica prum programa de pós graduação eu sugeri que o periódico tivesse numeração invertida, começando sei lá, do número 47 e ir fazendo contagem regressiva até que deixasse de existir, e todos os acadêmicos acharam o máximo porque seria uma afronta à capes e tal, mas obviamente a ideia não foi pra frente. o nome da revista era incrível tb, “canibal cyborg”]
eu confesso que não me dá trabalho fazer essa newsletter nos moldes de envio semanal de links, mas simplesmente tô deixando rolar essa coisa da periodicidade pra ver tb quanto tempo os links resistem sem ficarem datados. um link por exemplo sobre o queermuseu ou maroon 5 é de semana passada, o que pra internet é tipo 10 anos. então amiguinhos, vejam como é difícil agradar vcs. eu não acompanho facebook e twitter, então fico totalmente por fora do que é meme e do que é treta, as vezes eu tô me achando aqui no state of the art quando na verdade marquei toca. [tem um texto bem legal falando sobre como south park por ser um desenho simples feito rápido em computador ser capaz de tratar de assuntos bastante recentes, e como isso muda a dinâmica de edição e de criação do conteúdo, etc. foi mal não achei o link]
eu já comentei antes sobre meu método de manutenção de assinantes, porque o revue só permite 200 pessoas e eu tô trabalhando nesse limite desde sempre porque a massa crítica lotou cedo. o que eu acho muito bizarro é receber assinaturas de pessoas novas, daí copiar e colar o email pra saber se eu conheço a pessoa e tal, e no google simplesmente o resultado ser zero. velho, se não tem no google, não existe. como pode existir em 2017 pessoas que não tem nenhum lastro nas interwebs? ou seja, eu tenho um pouco medo de vcs que leem essas paradas aqui, porque se fosse um canal com a finalidade de mendigar likes eu aceitaria que vcs fossem um chinese click farm, mas como esta newsletter não é, só me resta temer mesmo. quem são vcs?, seus freaks

Twin Peaks
não tem como não falar mais de Twin Peaks. em tempos de spoilers diz muito uma série que é impossível prever, simplesmente porque ninguém entende nada do que tá acontecendo. as coisas que o David Lynch faz eu costumo assistir assim mesmo, só o ato da experiência visual. porque é difícil. depois eu vou buscar mais informações nos fóruns e revejo os filmes tantas vezes necessárias depois, cada vez fazendo mais sentido. não sei se é justo, mas é bem diferente do que as séries e filmes convencionais, então qual é o problema? tem aquele filme de análise semiótica do Iluminado e o narrador fala, “bem, vindo do Kubrick, um cara que tem um um QI de 200 a gente pode esperar que todos os detalhes foram minuciosamente pensados”. então é incrível que tenha uma obra que não dá pra entender nada de início, mas depois de estudar vc entende que o autor fez com bastante cuidado e tudo se encaixa. e celebrar também o trabalho dos comentadores, porque é como ler Heidegger e Godel e Lacan e não entender absolutamente nada, mas encontrar alguém que entendeu e que explica pra vc de maneira mais simples. 
aqui vão explicações didáticas sobre todas as dúvidas levantadas na série; as melhores teorias dos fãs sobre as coisas que quase ninguém entendeu; esse texto maravihoso, sobre como a explosão da bomba atômica no episódio 8 é uma analogia para a derrota da moralidade no mundo

queermuseum
interesse zero na discussão sobre queermuseum exceto que serve pra resgatar algumas iniciativas interessantes de museus ao redor do mundo:
quem venceria na batalha entre o museu de ciência e o museu de ciência natural, os dois de Londres? sensacional troca de tweets
o funcionário anônimo que compartilha os bastidores do museu del prado no instagram
como a realidade virtual está revolucionando os museus
make america medieval again, extensão do chrome que substitui qualquer imagem do trump por uma imagem de manuscritos medievais
depois da queda do império romano os elefentes sumiram da europa ocidental. então os ilustradores dependiam da memória oral pra reconstruir a criatura. obra permanente do museu de filogenia da alemanha

Links
texto em inglês que explica a Gretchen pros gringos. gênio
experimento fotográfico que prova que somos todos otários dentro da matrix do consumo
proposta de bandeira para Marte. gostei
que coisa terrível viver nesses muquifos em hong kong
a única maneira possível de aprender gráficos
caralho esse timelapse da enchente durante furacão
metodologia lindona de análise de tropos femininos nos filmes
que lembra daquele jogo de pinball que vinha no windows antigamente? aí está o arquivo, podem baixar sem medo
seu deus morreu e levou seu emprego: robôs completam colheita, sozinhos
sigam essa conta com as melhores aplicações do ARKit da apple, tô besta
coloque sua data de nascimento e se sinta ridículo comparado com os achievements de outras pessoas na mesma idade
que música vc tá ouvindo? um clássico
vomitando arcoíris, porque sim
vlw flw
vlw flw
Did you enjoy this issue?
moreno [newsletter]

quando faço 3 gols peço chatuba de mesquita

If you don't want these updates anymore, please unsubscribe here
If you were forwarded this newsletter and you like it, you can subscribe here
Powered by Revue