Ver perfil

Público alvo: e se você errar a mira?

Revue
 
Boa noite!!! A ideia era sempre a gente chegar cedo na segunda-feira, né? Mas aqui estamos exercitand
 

Jogo de Damas®

18 de Setembro · Edição Nº19 · Ver na web
Notícias, dicas, tendências e inspiração de empreendedorismo, carreira, tecnologia e negócios com filtro feminino, direto na sua inbox!

Boa noite!!!
A ideia era sempre a gente chegar cedo na segunda-feira, né? Mas aqui estamos exercitando nossa consistência e desenvolvimento, mais do que perfeição.
E às vezes acontece coisas na nossa vida que a gente não tem controle - e que atrapalham todo o resto, né? Essa semana que passou trouxe muita coisa boa e legal, mas também teve notícia ruim e ainda não nos recuperamos (nada de trabalho, viu?).
O tema de hoje é público alvo - foi o mais votado no nosso instagram! Eu adorei o tema pois o Jogo de Damas surgiu sem querer e mais do que definir um público alvo, eu conheci e descobri o meu (conto mais na news!). Esperamos que vocês gostem e que achem bastante proveitoso, como sempre!
Beijos,
Deb & Duda

Meu sonho sempre foi colocar a Merida aqui \o/
PÚBLICO ALVO: quem são? onde vivem? do que se alimentam?
Em 2015 eu lancei um programa de mentoria para mulheres (#saudade) e a mentoria de vendas era uma das últimas (o total eram 16!) e lembro que muitas mentoradas estavam “agoniadas” e que queriam chegar logo lá, porque elas entediam que o problema delas era não saber vender.
Eu falava:
Vender guarda chuva em dia de tempestade é bem fácil, porque existe a necessidade. Vamos antes descobrir qual é essa necessidade do cliente de vocês.
E assim a gente seguiu, falando de contexto, problema a ser resolvido, adaptação de produto/serviço e muito mais.
Mas enfim, se para termos sucesso nos nossos negócios precisamos vender e isso envolve resolver o problema/necessidade de alguém, quem seria esse alguém?
O erro mais comum é querer vender pra todo mundo. Minha mãe empreende com viagens e sempre que eu converso com ela e pergunto quem é o público alvo, ela diz: todo mundo. Mas na prática não é bem assim: algumas pessoas não têm dinheiro pra viajar, outros preferem uma viagem mais luxuosa, e existem aqueles que não gostam de viajar em excursões.
Existem muitas ferramentas bem interessantes que ajudam a conhecer nosso público alvo, e até como nos comunicar com ele como por exemplo questionários com quem já é cliente, até buyer persona, por exemplo.
Usando o CANVAS da Proposta de Valor para Entender seu Cliente.
Buyer persona e público alvo: entenda a diferença
Mapa de Empatia, o que é? — Canvas Academy
Crie Sua Persona - Gerador de Buyer Personas
Publico Alvo: O Que É, Tipos, Importância e Como Definir Seu Publico
MAS EU PRECISO MESMO ESCOLHER?
Estou fazendo um trabalho (bem legal!) de estratégia de personal branding com a Juliana Saldanha, e uma das coisas que conversamos foi isso do público alvo e da sensação que temos de estar fechando portas quando nos focamos muito. Ela mesma fala sobre público alvo nesse link, mas o que aprendi é que, quando a gente consegue definir diretinho, a tendência é que a gente cresça na vertical, ao invés de ficar crescendo na horizontal, tentando abraçar todas as possibilidades. A gente perde velocidade no processo, é menos assertiva e tem menos chance de chegar lá.
Quando o Jogo de Damas começou, lá em março de 2012, a ideia era falar para mulheres empreendedoras. Eu nem pensava em segmento, em idade, em tipo ou tamanho de negócio: achava que já tinha um público alvo bem definido. Com o tempo, percebi que muitas mulheres empreendiam porque estavam insatisfeitas com a carreira, porque não viam possibilidade de crescimento no mercado de trabalho e resolvi ampliar esse público alvo. Pronto! O Jogo de Damas ia falar com mulheres empreendedoras e profissionais.
Todas elas, eu pensava. Por mais que eu acreditasse que estava oferecendo uma solução para todas, sem querer, eu criei um produto/serviço bem específico e, assim, fui percebendo semelhanças no público, fui notando um padrão. Uma noite, escrevendo, a ficha caiu! E assim eu entendi/defini quem era o público, esse é o texto que escrevi em 2015:
Mulheres, de 20-35 anos, com ensino superior, que são ou que buscam independência financeira - por meios próprios. Essa mulher é ambiciosa e quer construir seu caminho para o sucesso (lembrando que sucesso é uma palavra muito particular para cada pessoa). A mulher Jogo de Damas é influente e vê na vida profissional mais do a que fonte de renda, mas também possibilidade de realização e afirmação de valores. Trabalho como estilo de vida. Embora muitas sejam empreendedoras, uma grande parcela do público atua no mundo corporativo, algumas estão na transição - buscando empreender, outras buscam a realização dentre dessas empresas. A mulher Jogo de Damas tem personalidade, atitude, é filha de uma geração de mães que trabalharam e, enquanto algumas se questionam se o combo “casamento+filhos” é o adequado para elas, outras querem conciliar a busca por realização profissional com uma vida pessoal que engloba esse combo. 
Pronto!
E assim, num estalo, eu percebi que mais do que a atividade (empreender ou trabalhar como funcionária), o que definia o público alvo do Jogo de Damas era o comportamento, e que sim, esse comportamento era resultado de uma série de privilégios (curso superior, por exemplo), e também de idade. Com o tempo essa mulher cresceu na carreira ou no próprio negócio - e o Jogo de Damas precisava crescer com ela. Outra coisa que permeou muito esse processo de entendimento foi a crescente discussão sobre empoderamento feminino: muitas mulheres queriam entender o cenário para além da sua própria realidade.
Mas, Deb, o que isso tem a ver com público alvo? Tudo!
Assim como o seu público alvo pode crescer/se adaptar/se transformar (e com isso mudam as necessidades, né?), você precisa estar por dentro desse processo para conseguir acompanhar - ou mudar de público ;)
E ó, entendendo o público, o que ele quer, o que ele precisa, fica muito mais fácil comunicar, vender e entregar um produto/serviço de acordo. E é bem isso que a gente quer, né? Satisfazer nosso cliente - o cliente certo!
Bem gurias, por hoje é isso!
Espero que vocês tenham curtido a news de hoje, buscamos trazer vários links/ferramentas, mas também contar um pouco do nosso processo de acerto de público alvo.
Semana que vem tem mais! Ah! Desculpem pelo atraso, viu?
Ótima semana,
Deb & Duda
Curtiu essa edição?
Se você não quer mais receber essa newsletter, por favor cancele sua assinatura aqui.
Se você recebeu essa newsletter de alguém e curtiu, você pode assinar aqui.
Curadoria cuidadosa de Jogo de Damas® via Revue.