Ver perfil

Mulher gosta é de dinheiro!

Revue
 
Boa tardeeee! Tudo bem? Primeiro quero agradecer a todo mundo que me escreveu por conta da news da se
 

Jogo de Damas®

3 de Setembro · Edição Nº17 · Ver na web
Notícias, dicas, tendências e inspiração de empreendedorismo, carreira, tecnologia e negócios com filtro feminino, direto na sua inbox!

Boa tardeeee!
Tudo bem?
Primeiro quero agradecer a todo mundo que me escreveu por conta da news da semana passada! Fiquei muito feliz em ler as mensagens de vocês
<3
Ah! Foi nossa newsletter recorde em taxa de abertura! E por aqui buscamos sempre nos superar!
Perguntamos pra vocês no Instagram sobre sugestões de temas e surgiu um maravilhoso: grana! Achei super pertinente!
Hoje, na semana da Independência, vamos trazer links que vão ajudar você a organizar melhor seu dinheiro e ter mais autonomia!
Espero que vocês curtam!
Beijos e ótima semana!
Deb

DINHEIRO É PODER
Quando comecei o Jogo de Damas, lááááá em 2012, eu acreditava muito na independência financeira feminina como a solução para diversos problemas enfrentados pelas mulheres - no mercado de trabalho e fora dele.
Com o tempo - e com estudo, empatia e paciência - percebi que dinheiro é um dos fatores do todo. Mas um fator realmente muito importante. Dinheiro é energia - e a gente precisa de energia pra operar, nossos negócios precisam de energia para ir de um mês pra outro.
Mas como lidar com dinheiro num contexto de grande desigualdade social - que é a realidade brasileira -, com mulheres ganhando menos do que homens, e com uma economia que não se recupera?
Dinheiro não é questão individual. Dinheiro - acesso a ele e distribuição - é um tema estrutural (político e social) que envolve a sociedade como um todo. E dinheiro é poder. É liberdade de escolha. É autonomia.
A Deb de hoje pode muito mais do que a Deb de 2012, por exemplo. E aprendi a valorizar essa liberdade que o dinheiro me dá. Quando li sobre o Fundo F***-SE, percebi que a questão da independência financeira é ainda mais relevante para a mulher. Até porque, a pobreza é sexista - já disse a Melinda Gates.
Então sim, mulher gosta de dinheiro. Porque dinheiro é poder. Porque é necessário. Porque faz falta. Porque é um primeiro passo na diminuição da desigualdade de gêneros.
O tema é bem complexo - e existe uma série de sub-temas legais pra discutir. Prometo que volto neles em edições futuras da newsletter. Mas hoje resolvi fazer uma lista de links que vão dar uma ótima base pra vocês do assunto.
CHUVA DE LINKS!
O site, da super Carol Sandler, tem como foco falar de Finanças para mulheres! Essa abordagem maravilhosa dela faz com que assuntos como a relação entre violência doméstica e independência financeira, por exemplo. Mas assuntos como orçamento pra quem mora sozinha, alta do dólar e programas que cabem no seu bolso também passam por lá!
Outra plataforma de conteúdo lançada por mulher: a Nathália Arcuri. Embora o material dela não tenha, necessariamente, um filtro feminino, a jornalista ganhou muitos seguidores (e dinheiro) por conta da sua abordagem mais divertida. Ela fala de finanças em tom de comédia/entretenimento. Não é muito minha vibe, mas sei de muita gente que adora!
O Eduardo fala de dinheiro do jeito que eu gosto, levando em conta diferentes contextos, trazendo o lado humano para esse assunto tão “exato”. Meu sonho é fazer uma consultoria com ele, mas ele agora está focado nos cursos online, em especial o Dinheiro Sem Medo, que fala do assunto evitado por muitas mulheres.
Na verdade são 8, pois duas que eles citam a gente já mencionou aqui hehehehe
Warren é uma plataforma que facilita o processo de investir. Eu comecei a usar ano passado. Já desisti e passei a usar outras ferramentas, mas gostei muito da UX deles e sempre indico pra quem quiser começar.
O TED fez uma playlist com 3 vídeos bem legais (eles têm legenda!) sobre pedir aumento de salário e se posicionar sobre o assunto!

Startups gerenciadas por mulheres faturam 10% mais, mas recebem menos investimento Startups gerenciadas por mulheres faturam 10% mais, mas recebem menos investimento
Como fundos de investimento comandados por mulheres têm se saído
Investimento: ainda em minoria, mulheres são melhores do que homens
Por hoje é isso! Esperamos que vocês tenham curtido a news!
Semana que vem tem mais! O tema vocês ajudam a decidir no nosso Instagram!
Beijos e até mais!
Deb & Duda
Curtiu essa edição?
Se você não quer mais receber essa newsletter, por favor cancele sua assinatura aqui.
Se você recebeu essa newsletter de alguém e curtiu, você pode assinar aqui.
Curadoria cuidadosa de Jogo de Damas® via Revue.