Eu posso estar errado

Por Gabriel Schincariol Cavalcante

Eu posso estar errado. Mas será que eu estou? Escritor de ficção, formado em Direito pela USP (não é advogado), mestrando em Teoria Literária - FFLCH USP

Eu posso estar errado. Mas será que eu estou?
Escritor de ficção, formado em Direito pela USP (não é advogado), mestrando em Teoria Literária - FFLCH USP

By subscribing, you agree with Revue’s Termos de Uso and Política de Privacidade and understand that Eu posso estar errado will receive your email address.

114

assinantes

40

edições

#40・

Colocando anilhas na barra - Eu posso estar errado - Edição Nº40

No começo desse mês de novembro, a psiquiatra e escritora Natalia Timerman escreveu em sua coluna o texto de título "Espelho era sinônimo de angústia: a gordofobia começa no próprio corpo". O parágrafo que abre o texto é assim:Fui uma criança gorda o suficien…

 
#39・

Preâmbulo - Eu posso estar errado - Edição Nº39

Assim é inaugurada a Constituição Federal da República Federativa do Brasil, do ano de 1988:"Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direi…

 
#38・

A última carta - Eu posso estar errado - Edição Nº38

Em 1997, Patrick Modiano, mais tarde laureado com o Nobel de Literatura, lançou o livro Dora Bruder, que começa como uma investigação sobre o paradeiro da jovem Dora Bruder, a partir de um anúncio antigo de um jornal de 31 de dezembro de 1941 e se mescla com …

 
#37・

Deus te abençoe - Eu posso estar errado - Edição Nº37

Eu abandonei a catequese depois da primeira aula. Não foi um ato de rebeldia, mas um reconhecimento de uma certeza sem origem bem definida, que não veio desacompanhada do medo de punição divina.Mas antes, preciso voltar um pouco.Minha família por parte de mãe…

 
#36・

Banheiro com luz ativada por sensor de movimento é arma do capitalismo - Eu posso estar errado - Edição Nº36

O capitalismo venceu, nós perdemos.Sobre isso não há muita dúvida, as coisas são como elas são. O que nos resta é lutar pelas migalhas, pequenos fiapos de dignidade, um ou outro golpe no capital. E a utilização desenfreada do banheiro no horário de expediente…

 
#35・

O coração da narrativa - Eu posso estar errado - Edição Nº35

Um bom livro era mais ou menos assim: a voz narrativa em terceira pessoa, onisciente, descrevendo de maneira imparcial os eventos que acometem um herói, ou um grupo, ou uma cidade, ou algo do tipo. Uma câmera, acompanhando de longe a vida dos personagens, pel…

#34・

Amor é o acolhimento da mortalidade - Eu posso estar errado - Edição Nº34

Quando eu me sentei aqui para escrever, eu queria falar sobre outra coisa. A coisa:Que talvez eu esteja ficando louco.Ou melhor:Que eu achei que estivesse ficando louco.Há pouco mais de uma semana eu escrevi um texto chamado BARULHO, e eu escrevi esse texto p…

 
#33・

Todo mundo escreve - Eu posso estar errado - Edição Nº33

O tema preferido dos grandes escritores é o tema da própria escrita, escrever sobre o ato de escrever, discorrer sobre aquilo que eles fazem como ofício de uma vida: uma palavra depois da outra, uma frase depois da outra, a construção do sentido na escolha de…

 
#32・

Isso é importante - Eu posso estar errado - Edição Nº32

Veja só, eu tenho algumas coisas a dizer. Eu sei que eu estou sumido e que esse e-mail tem chegado pouco na sua caixa de entrada. Estou escrevendo menos do que deveria, essa é a verdade, e cada dia que passa em que eu escrevo menos, menos eu consigo escrever.…

#31・

Amanhã começa sempre hoje - Eu posso estar errado - Edição Nº31

Não sei quantos anos eu tinha quando os meus pais se separaram, mas sei que eu era criança. Foi pouco tempo depois disso que eu comecei a passar os finais de semana na casa do meu pai. Menino, esses finais de semana eram esperados com ansiedade por mim durant…

 
#30・

O paradoxo do ônibus atrasado - Eu posso estar errado - Edição Nº30

Quarta-feira, das 22h às 00h, eu treino junto com o time de basquete da São Francisco. Na quinta, às 14h, eu tenho aula da disciplina da pós em Teoria Literária, na Cidade Universitária.Entre um e outro eu preciso trabalhar, então depois de chegar do treino e…

#29・

A máquina de escrever da Força Aérea Brasileira - Eu posso estar errado - Edição Nº29

Cinco de fevereiro de 2012 eu estava em Barbacena, Minas Gerais, vestindo uma camiseta branca, uma calça jeans, um tênis branco com meias brancas, cinto preto, a camiseta para dentro da calça e na cabeça um boné azul.Eu era o Estagiário 089/2012 Schincariol, …

 
#28・

Diálogo monológico sob a luz amarela na cadeira do dentista - Eu posso estar errado - Edição Nº28

Você chega no horário e é recebido com um bom-dia. Você se senta na recepção e espera chamarem o seu nome. Chamam o seu nome e você vai para dentro do consultório, em que a cadeira reclinável ocupa o centro do espaço, e sobre a cadeira reclinável está a luz a…

 
#27・

Já não entro mais no mar - Eu posso estar errado - Edição Nº27

Talvez eu escreva para compensar a minha memória ruim, para segurar, nas palavras, tudo o que passou e não deixar virar essa fantasmagoria que são as lembranças mal-definidas. Sempre achei que eu tinha boa memória. Sempre achei que meus resultados escolares s…

 
#26・

A magia do ônibus intermunicipal - Eu posso estar errado - Edição Nº26

Comecemos no começo: havia ali um amontoado de gente no tempo passado, e esse amontoado de gente não viajava grandes distâncias, ficava sempre por ali por onde nasceu, e se esse lugar onde esse amontoado de gente havia nascido calhasse de ser um lugar horríve…

 
#25・

Grandma's hands - Eu posso estar errado - Edição Nº25

Enquanto eu crescia, minha avó era uma ótima amiga. Sou o neto mais novo de quatro (enquanto eu crescia, eram três; o quarto, mais velho do que eu, descobriu que era filho do meu tio quando eu já tinha uns 12, 13 anos). Eu não tinha muita noção da diferença d…

 
#24・

Escrever é perder, perder, perder - Eu posso estar errado - Edição Nº24

"Se nos descuidamos, a linguagem é uma das gaiolas mais terríveis que estão sempre nos esperando. Em alguma medida podemos ser prisioneiros de nossos pensamentos pelo fato de que esses pensamentos se expressam limitados e contidos sem nenhuma liberdade"- Juli…

 
#23・

Eu posso estar errado - Edição Nº23

Foi na garagem de piso vermelho da casa do meu pai que eu fiquei fascinado pela primeira vez pela tecnologia móvel. Celular não era tão popular na época, poucas pessoas tinham. Minha mãe tinha um modelo simples, sem grandes funcionalidades além da função elem…

 
#22・

Eu posso estar errado - Edição Nº22

Quando eu acordei naquele dia, eu estava certo de que seria o dia em que a minha vida ia mudar para sempre.Não foi.O que eu havia planejado não aconteceu. Porém, se tivesse acontecido exatamente como eu planejei, muito provavelmente não seria também o dia em …

 
#21・

Eu posso estar errado - Edição Nº22

Quando eu me mudei para São Paulo em 2016 eu não tinha muita coisa. Tinha o básico para viver em um apartamento. Tinha uma cama-baú, um ótimo negócio para quem mora em cubículos nos grandes centros urbanos; tinha um sofá comprado na liquidação; tinha um fogão…