Ver perfil

Centro de Inteligência Artificial (C4AI) - Equipe de Humanidades - Newsletter - Edição Nº2

Centro de Inteligência Artificial (C4AI) - Equipe de Humanidades - Newsletter
Centro de Inteligência Artificial (C4AI) - Equipe de Humanidades - Newsletter - Edição Nº2

Chamada de trabalhos
Seminário Internacional em Inteligência Artificial: Democracia e Impactos Sociais
Nova data de envio de resumos: até 5 de agosto
Oportunidades
Duas bolsas de Pós-Doutorado em Inteligência Artificial, Ética e o Futuro do Trabalho
Centro de Inteligência Artificial (USP-IBM-FAPESP)
Prazo de inscrição - 15 de agosto de 2021. Acesse o edital
Os bolsistas selecionados serão anunciados em 30 de agosto de 2021.
Bolsa de pós-doutorado em PIML
O C4AI oferece uma bolsa de pós-doutorado (ver tabela FAPESP) em Physics-Informed Machine Learning (PIML) aplicada ao meio ambiente.
A intenção é que o bolsista possa investigar diferentes arquiteturas PIML para desenvolver modelos precisos e prever a ocorrência de eventos extremos de maré e ressacas no litoral de Santos (SP), com uso de modelos matemáticos de hidrodinâmica costeira, associado a uma longa série histórica de dados medidos por diversos equipamentos instalados na região.
Data limite: 15/08/2021
Assista ao vídeo do seminário Direito, Inovação e Inteligência Artificial
No seminário, pesquisadores ligados à área AI Humanity do C4AI discutiram os principais desafios impostos pela IA para o campo da propriedade intelectual e debateram questões de ordem ética, a fim de que os direitos humanos sejam preservados durante o desenvolvimento e a aplicação da IA.
A abertura e moderação foi de Cristina Godoy Bernardo de Oliveira (IEA USP) e as exposições foram de Eduardo Altomare Ariente (OIC IEA USP e UPM) sobre: Direitos Fundamentais, Ética e IA, e Maria Edelvacy Marinho (OIC IEA USP e UPM) sobre: IA e Propriedade Intelectual. Assista ao vídeo publicado no canal do IEA no YouTube:
Direito, Inovação e Inteligência Artificial
Direito, Inovação e Inteligência Artificial
Estratégias Tecnológicas da Desinformação
De maneiras diversas, a desinformação que se alastra favorece os interesses articulados em torno do propósito de solapar a democracia e reduzir a política ao fanatismo.
O evento integra um ciclo de mesas redondas sobre as oportunidades e os desafios que a IA impõe à democracia.
Exposição 1:
Miguel Lago (School of International and Public Affairs, Universidade de Columbia e École d’Affaires Publiques de Science Po Paris)
Como as novas estratégias tecnológicas da desinformação afetam a relação governante-governado?
Exposição 2:
Nina Santos(Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Democracia Digital e Centre d'Analyse et de Recherche Interdisciplinaires sur les Médias - Université Paris II).
Invisibilização como estratégia: A desinformação pode se esconder nos caminhos tecnológicos
Moderação:
Eugênio Bucci (IEA e ECA USP)
Transmissão em iea.usp.br/aovivo
Organização
Leituras dos integrantes do C4AI
Reconhecimento facial e discriminação algorítmica nos municípios brasileiros
e Leôncio Júnior. 7 de maio.
O reconhecimento facial é uma tecnologia biométrica antiga à qual os avanços recentes da inteligência artificial (IA) vêm conferindo novos desenvolvimentos e possibilidades de aplicação. No Brasil, sua utilização pelo setor público já é uma realidade. O Instituto Igarapé identificou 47 usos dessa tecnologia pela administração pública, distribuídos por 16 estados e 30 cidades diferentes. Diante de um uso tão difundido quanto este, cabe indagar: ao se fazer valer dessa tecnologia, o poder público brasileiro mostra-se preparado para lidar com os riscos de discriminação algorítmica nela embutidos?
Effects of social robots on depressive symptoms in older adults: a scoping review
No artigo, é feito um levantamento dos efeitos de usar robôs, como Paro e Pepper, em intervenções de saúde mental em idosos. Os autores concluem que, por enquanto, os resultados são tímidos. Diante disso, defendem a inserção dessa tecnologia considerando principalmente as necessidades individuais e o contexto em que cada paciente está inserido.
Leia na íntegra a revisão de escopo, ou entre em contato com os autores (sarajane@usp.br) ou (m.fantinato@usp.br) para detalhes sobre o estudo. Por Sarajane Marques Peres e  Marcelo Fantinato,  com pesquisadores de Sistemas de Informação e Gerontologia da EACH-USP, Bruno Sanchez de Araujo, Ruth Caldeira de Melo, Samila Sathler Tavares Batistoni, Meire Cachioni, Patrick C.K. Hung  Publicado em 2 abril na Emerald Publishing Limited.
Bolsonarismo vicia
Milhões sorvem a torpeza bolsonarista como quem degusta um cálice de absinto. Estadão. Por Eugênio Bucci. 17 de junho.
Enquanto na cartilha dos politólogos as alianças políticas resultam da negociação de interesses e se formalizam em programas propositivos, nos algoritmos das plataformas sociais tudo acontece de ponta-cabeça: o que rende audiência, empolgação e adesão não é o que pacifica, mas o que choca, ofende, escarnece – daí o sucesso das agressões, das manifestações de ódio e da infâmia.
Obs.: As colunas de Bucci são originalmente publicadas no Estadão com acesso apenas para assinantes. Algumas ficam disponíveis em sites como o da Fundação Astrojildo Pereira. Por Eugênio Bucci. 17 de junho.
Qual o papel da IA na transformação digital?
“Entenda a função da Inteligência Artificial na transição para o mundo digital. Cláudio Pinhanez, Manager/ Conversational Intelligence na IBM Research Brazil explica os meandros desse tópico” (Cris Bottini, do Channel 360º). Ouça. 25 julho.
Indicações de leituras
A ÉTICA FRENTE AO DEEPFAKE
Por Amir Labaki . 30 julho.
O documentário “Roadrunner: A Film About Anthony Bourdain”, de Morgan Neville (A Um Passo do Estrelato, 2013), tem pautado manchetes desde que estreou em meados do mês passado nos cinemas dos EUA. As positivas o destacam como o recordista não-ficcional das bilheterias pós-pandemia ao superar a marca de US$ 2,5 milhões arrecadados. As negativas destacam uma polêmica ética, pelo uso de um programa de inteligência artificial para recriar a voz de Bourdain em três falas no filme.
Numa delas, ouve-se, por meio da voz recriada em computador, o carismático chef e apresentador de TV, que se matou em 2018 no auge da carreira, como que lendo alto um e-mail enviado a um amigo. “E minha vida está uma merda agora. Você é bem sucedido, e eu sou bem sucedido, e me pergunto: Você está feliz?”.
Originalmente publicado no Valor. Mas, você pode ler na íntegra no É tudo verdade.
Pasquale e Malgieri em artigo no NYT
Frank Pasquale and Gianclaudio Malgieri are law professors. Mr. Pasquale is the author of “New Laws of Robotics: Defending Human Expertise in the Age of AI.”
Americans have good reason to be skeptical of artificial intelligence. Tesla crashes have dented the dream of self-driving cars. Mysterious algorithms predict job applicants’ performance based on little more than video interviews. Similar technologies may soon be headed to the classroom, as administrators use “learning analytics platforms” to scrutinize students’ written work and emotional states. Financial technology companies are using social media and other sensitive data to set interest rates and repayment terms.
Leia na íntegra. 30 de junho.
Opinion | If You Don’t Trust A.I. Yet, You’re Not Wrong - The New York Times
Artificial Intelligence and Humanity Seminars
International Seminar on Artificial Intelligence: Democracy and Social Impacts: New dates! Call for papers with deadlines extended: August, 5th 2021.

- submission of abstracts: August 5th, 2021
- result of accepted abstracts: September 5th, 2021 https://t.co/8pDz6xe3Vq
Curtiu essa edição?
Centro de Inteligência Artificial (C4AI) - Equipe de Humanidades - Newsletter

Centro de Inteligência Artificial (C4AI) - Equipe de Humanidades

Para cancelar sua inscrição, clique aqui.
Se você recebeu essa newsletter de alguém e curtiu, você pode assinar aqui.
Curadoria cuidadosa de Centro de Inteligência Artificial (C4AI) - Equipe de Humanidades - Newsletter via Revue.
Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, 370 - Butantã, São Paulo, SP - Brasil - 05508-020